EU NÃO ARDO NAS SOMBRAS, CONSTRUO ALVORADAS!...

terça-feira, 20 de julho de 2021

VEM...

 


                                                                 É noite. De olhar fixo no horizonte
                                                                 deixo a imaginação caminhar pelo escuro,
                                                                 enquanto, lentamente,
                                                                 se vai revelando diante de mim
                                                                 o que de ti ainda existe nas minhas mãos.
                                                                 Vem. Segue a marca dos teus pés
                                                                 que deixaste na poeira dos caminhos,
                                                                 abre o decote assombroso
                                                                 sobre os teus frutos amadurecidos
                                                                 e diz que são maçãs sem sombra de pecado,
                                                                 para que eu possa sentir
                                                                 o seu virgem sabor no alvoroço da língua.
                                                                 Transforma a tua boca numa flor de mel
                                                                 para eu voltar a sentir-me abelha
                                                                 zumbindo nos teus lábios.
                                                                 Vem. Devolve-me o gosto do infinito
                                                                 que o aroma da noite deixou na tua pele.
                                                                 Vem! Porque são terríveis os olhos do amor
                                                                 quando ficam vazios.




albino santos
* Reservados Todos os Direitos de Autor

68 comentários:

  1. Precioso... sensual... sugerente. Una bella lectura ❤

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gracias, Galilea, pelas tuas bonitas palavras.
      É sempre um prazer receber-te em minhas letras!
      Um dia lindo! ❤

      Eliminar
  2. Hummm, que poema fascinantemente doce e sensual!:)
    --
    Carreguei-te num ventre de amor
    -
    Beijo, e uma boa noite

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Cidália,
      Fico feliz por teres gostado.
      Grato pelas tuas palavras e tua visita!
      Beijo.

      Eliminar
  3. Poema sublime, fascinante de ler. A foto é maravilhosa. A conjunção poética perfeita.
    .
    Cumprimentos
    Cuide-se
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grato Ricardo, pelas tuas palavras e tua visita!

      Cumprimentos!

      Eliminar
  4. Un exquisito poema que sabe a manzanas,a ese dulce sabor que dejan los besos.
    Preciosísimo poema!
    Un abrazo grande!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tão belas as tuas palavras Luna. Gracias!
      Sempre um prazer quando te encontro.
      Un abrazo grande!

      Eliminar
  5. Olá A.S.
    Bonito poema.
    Uma boa noite e feliz semana.
    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Lucia,
      Fico feliz que tenhas gostado.
      Grato pelas tuas palavras e pela tua visita!
      Um dia lindo e uma semana feliz!
      Beijo!

      Eliminar
  6. Esos besos sabor a frutas son deliciosos y nunca se olvidan. Un poema muy romantico. Abrazos y feliz noche.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. SIM! Há beijos que ficam para sempre!
      Gracias por tuas deliciosas palavras, Campi. Me encantó.
      Sempre um doce prazer receber-te!
      Abrazos!

      Eliminar
  7. Incrível, você transmite pura sensualidade ... que atinge, golpeia, derrete! Obrigado por compartilhar, sua poesia é linda!
    Um grande abraço e muitas felicidades, sempre.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Me encanta que gostes de minha poesia! Gracias!
      Gracias também pelas tuas palavras tão generosas e inspiradoras.
      Um grande abraço. Sempre!

      Eliminar
  8. "Vem. Devolve-me o gosto do infinito
    que o aroma da noite deixou na tua pele.
    Vem! Porque são terríveis os olhos do amor
    quando ficam vazios."
    Poesia e imagem em simbiose PERFEITA!
    Parabéns Albino, poeta do amor sempre torrencial.
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grato Teresa, pelas tuas generosas palavras.
      Fico contente por gostares.
      É sempre um prazer quando te encontro!
      Beijo!

      Eliminar
  9. A.S.
    Fixar o olhar no horizonte, deixar a imaginação fluir até surgir a imagem que se deseja, e transformar tudo isso num belíssimo poema de amor, é fascinante ! Parabéns poeta Albino.
    Não há nada mais triste, que um olhar vazio.

    Obrigada, por este momento, e pelo belo poema que colocou no meu blogue, posso incluí-lo na minha publicação ?

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Fê,
      Grato pelas suas palavras sempre tão estimulantes.
      Fico feliz por gostar do que escrevo. Obrigado.

      Um beijinho.

      Eliminar
  10. Un poema que atrapa desde el primer verso, dejas en cada matáfora un halo de magia
    Me ha gustado mucho
    Un abrazo
    Carmen

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Me encantam as tuas palavras, Carmen. Gracias!
      Será sempre um prazer a tua visita.
      Un abrazo!

      Eliminar
  11. Devuelveme el sabor del infinito...me quedo con esa frase y alguna vez te la robaré. Todo el poema es precioso...

    Besossss!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Moony,
      Também preciosas são as tuas palavras. Gracias!
      Feliz noche!

      Besossss!

      Eliminar
  12. Muy bello, Albino.
    Porque los ojos del amor son terribles cuando están vacíos, ¡me gusta!!
    Besicos muchos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gracias por tuas palavras, Nani
      e por tua visita!

      Feliz noche.
      Besicos muchos.

      Eliminar
  13. Muy hermoso poema y cuando el amor acaba es muy triste te mando un beso

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim. O amor tem duas faces, como a moeda.
      Gracias pelas tuas palavras, Alexander!
      Te mando un beso.

      Eliminar
  14. 。 ☆。 ☆。 ☆
    ★。 \ | /。 ★
    。。。
    Iujuuu, oi Albino, que tal!
    li voce feliz
    minha existencia!
    Es que voce me transmite
    toda a sua magia, sua paixao
    embora haja um mar de distancia
    entre sua alma e a minha.
    Desejolhe uma noite quente e estrelada,
    um grande abraco meu
    casa no topo de uma arvore em
    no meio do inverno jajajaja!
    ★。 / | \。 ★
    。 ☆ 。。 ☆。

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Me encantam tuas palavras querida Catarina!
      Gracias pelo teu carinho e teu sentir.
      A noite foi quente e estrelada,
      mas vou ter que descobrir uma árvore pata construir a casa... Jajajaja
      Quanto à imensidão do mar... podemos anular a distância. Tu és Hada!

      Beijos!
      ★。 / | \。 ★
      。 ☆ 。。 ☆。

      Eliminar
  15. Siempre la sensualidad aflora en tus versos, Anibal, y sabes expresar con elegancia y arte tu entrega romántica. Un abrazo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. INGRID,
      Gracias pelas tuas bonitas palavras e pela tua presença amiga.
      Me encanta que gostes de minha poesia.
      Un abrazo!

      Eliminar
  16. Romántico y bellamente sensual poema amigo. Saludos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hola Sandra,
      Gracias por tuas generosas palavras
      e por tua visita. Sempre um prazer!
      Saludos!

      Eliminar
  17. Hermoso, contiene todo. Y ese verso final, es magistral. Amo la poesía preocupada de la vida pero también que se ocupa de la poesía en si misma.

    Gracias por estar, a veces leyendo tanta aversión, tanta negrura y desesperanza... mi energía baja bastante y hago renuncios al tiempo para cargarme de nuevo, reflexionar, catalizar y luego continuar estos recorridos poéticos, especialmente con quienes ya he establecido una conexión.

    Un abrazo. Cuídate mucho.

    Paty

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gracias Paty, Por tuas bonitas palavras.
      A poesia nos desnuda, revela emoções e afetos e liberta as palavras sem complexos ou preconceitos.
      As palavras que deixas são perfeitas! Gracias!

      Un abrazo. Cuida-te muito!

      Eliminar
  18. Fascinante sentir hacia la musa de este poema.
    Un fuerte abrazo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gracias Sara, pelas tuas belas palavras.
      É sempre um prazer quando te encontro!
      Un fuerte abrazo.

      Eliminar
  19. As noites são mágicas com seu jogo se sombra e luz a inspirar o Ser a desnudar a alma. Assim, como a de poetas arrasadores como tu, Albino.
    As palavras escolhidas para a poesia tem magia, paixão, loucura...

    Beijos encantados , Albino S.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. SIM! As noites são um doce fascínio,
      quando libertamos todas as loucuras, todos os desejos!

      Beijos para ti, Maria Lucia.

      Eliminar
  20. Albino, la noche nos toca a todos con su varita mágica y nos transforma en deseo y pasión. Tus versos escalan las paredes del mundo y llegan a la cima del amor, donde el cuerpo y el alma construyen su cielo en sincronía perfecta.
    Mi felicitación y mi abrazo entrañable, poeta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. SIM!... A noite será sempre um doce fascínio!
      A magia da noite, torna tudo mais intenso...
      Gracias pelas tuas bonitas palavras.
      Me encanta que tenhas gostado do poema.

      Te desejo uma feliz noche y mi abrazo!

      Eliminar
  21. Hola A.S.
    Pleno de imágenes, metáforas bellas y un pedido, ruego casi,
    ¡Vem!

    Con cada imagen, con cada recuerdo que trae aromas, sabores, y más, en cada minuto crece ese deseo y culmina en eso versos que marcan la necesidad de presencia de la receptora de tan bello poema
    " Vem! Porque são terríveis os olhos do amor
    quando ficam vazios.

    ¡Precioso amigo Albino!
    Buen finde
    Abrazo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hola Lu!
      Uns olhos vazios, são uns olhos tristes, sem brilho...
      O amor deixa uma luz incomparável no olhar!...
      Gracias palas palavras tão belas que me deixas querida amiga.
      É sempre um prazer a tua visita!

      Buen finde,
      Abrazo!

      Eliminar
  22. O seu poema faz jus a beleza da imagem.
    E o amor é lindo !
    As noites são sempre aguardados e seu pedido 'Vem' é tudo que gostamos de ouvir.
    abraços A.S

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grato pelas suas generosas palavras, Lis.
      Fico contente por ter gostado.
      Abraços.

      Eliminar
  23. Albino mi amigo, un poema realmente
    hermoso, con unos recuerdos que se
    quedaron grabadas, para jamas olvidar.

    Besitos dulces

    Siby

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bonitas as palavras que me deixas Siby. Gracias!
      Me encanta que tenhas gostado.

      Besitos dulces!

      Eliminar
  24. La imaginación se hace poema en una noche mágica.
    Hermoso, Albino, un placer leerte, qué preciosas imágenes!
    Gracias, feliz fin de semana, un abrazo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. SIM! Quando libertamos o pensamento, a noite se acende num doce fascínio!
      Gracias pelas tuas bonitas palavras, Milena.
      Sempre um prazer a tua visita.
      Feliz fin de semana, un abrazo!

      Eliminar
  25. ¡Hola, Aníbal!
    Qué lindos versos y qué grato leer cada uno de ellos. Felicitaciones para tu creativa pluma.
    Un fuerte abrazo desde mi Perú. 😉🇵🇪

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hola Nuria!
      Gracias pelas tuas palavras e pela tua presença.
      É sempre um prazer receber-te!
      Me encanta que gostes de meus poemas!

      Buen fin de semana,
      Un fuerte abrazo desde o Porto - Portugal.

      Eliminar
  26. Hubo una epoca que escribia poemas hace muchos años La realidad actual ha hecho de mi otra persona y si bin me gustan los poemas como el tuyo Me llegan mas la soledad del mundo un abrazo siempre

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ¡Me gusta que escribieras poesía!
      Quien escribe un poema nunca puede dejar de escribir.
      La poesía es una pasión. ¡Conozco la poesía que circula por tus venas, Mucha!
      Esa poesía que te hace extrañar.
      El escribe. ¡Libera la poesía que sientes dentro de ti!
      ¡Sentirás lo bonito que es renacer! ...

      Un abrazo. ¡Siempre!

      Eliminar
  27. Una preciosidad, entre la nostalgia y la desesperación: esos ojos son verdaderamente terribles...

    Un abrazo, Albino

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bonitas as tuas palavras, Volarela. Gracias!
      É sempre um prazer a tua visita.

      Feliz fin de semana.
      Un abrazo!

      Eliminar
  28. Albino
    En la fascinacion de la noche
    se encuentra el deseo tangible y el imaginado, soñado..
    Tambien la nostalgia y el pensamiento
    que llama al amor
    a los sentidos
    a la carne, para consumarse
    y consentirse mutuamente...
    Un poema lleno de deseo y de urgencias .. de necesidad "del otro"...de estar , ser y compartir el anhelo de sentirse amado.
    Me encantoooooooo
    Besosssss
    Miles
    y bonito fin de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ELI,
      Tão belas as tuas palavras! Tão exactas!
      Quando entramos na alma do poema,
      desvendam-se todas as metáforas
      e o poema se transforma no mais puro desejo,
      numa vertigem imparável que nos arrebata!
      Gracias, pelas tuas palavras e pelo teu sentir...
      Me encantoooooooooo
      Besosssss
      Miles
      y bonito domingo!

      Eliminar
  29. El deseo siempre visto como un fruto maduro y pecaminoso... pero visto con los ojos de un poeta todo se torna maravillosamente armónico. Un placer leerte, amigo mío.

    Mil besitos con cariño y feliz finde, AS.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gracias, Auro, por tuas bonitas e inspiradoras palavras!
      É sempre um doce prazer quando te encontro.
      Feliz noche, amiga mia.
      Mil besitos con cariño!

      Eliminar
  30. Excelente imagem construída com recurso a figuras de estilo
    saborosas ao serviço do amor, num belo Poema pleno de
    harmonia e doçura.
    Abraço, caro A.S.
    Olinda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grato pelas suas generosas palavras, Olinda.
      Fico contente que tenha gostado.
      É sempre um prazer a sua visita.
      Um abraço, cara amiga!

      Eliminar
  31. El pedido ansioso del amor de volver a sentir el aroma y el sabor de la piel!! Una delicia tu poema !!! Un beso grande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Me encanta que tenhas gostado, Hanna!
      Gracias por tuas bonitas palavras e pela tua presença sempre carinhosa.
      Un beso enorme!

      Eliminar
  32. Um pedido feito com o encanto da sedução a que o ser amado nao resistirá,
    Belo, com a tua marca inconfundível,Albino
    Beijinho para ti

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dentro do poema o impossível não existe!
      Grato querida amiga, pelas tuas palavras sempre generosas.
      Beijinho para ti.

      Eliminar
  33. E virá. Ninguém fica indiferente a um chamamento tão sensual, tão romântico. Excelente meu Amigo Albino!
    Cuide-se bem.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se não vier...muda-se a estrofe do poema! :-))
      Grato pelas suas palavras, minha amiga Graça.
      Cuide-se bem.
      Uma boa semana.
      Um beijo.

      Eliminar
  34. Respostas
    1. Grateful for your words
      Always come back
      greetings, Rajani

      Eliminar