EU NÃO ARDO NAS SOMBRAS, CONSTRUO ALVORADAS!...

quinta-feira, 21 de outubro de 2021

NA TEIA FRÁGIL DOS DIAS...

 


                                                          Não deixes  que a tua voz se cale
                                                          antes de ser eco.
                                                          Não deixes que a magia desvaneça.
                                                          Que nada na vida se interrompa
                                                          antes que aconteça.
                                                          Que nenhuma luz se apague
                                                          enquanto os olhos a pedirem.
                                                          Que nenhuma carícia se perca
                                                          antes das mãos entardecerem!
                                                          Porque tudo o que acontece
                                                          na teia frágil dos dias,
                                                          se esgota num imprevisível instante,
                                                          num golpe de vento
                                                          ou no rasgão fugidio de um poema!



albino santos
* Reservados Todos os Direitos de Autor


72 comentários:

  1. Qué buen poema Albino, enhorabuena.

    Besazooooo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gracias Paula, pelas tuas sempre cariñosas palavras.

      Feliz noche.
      Besazooooo

      Eliminar
  2. Maravilhoso de ler. A foto é deslumbrante.
    .
    Saudações poéticas.
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grato Ricardo, pelas tuas palavras e tua visita.

      Saudações poéticas!

      Eliminar
  3. Cuánta coherencia he leído en cada verso, Albino.
    Apreciar y disfrutar el momento, lo que tenemos y a quienes tenemos.
    Ya vendrán las sombras, pero mientras, disfrutemos.

    Abrazo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Preciosas as tuas palavras, Verónica. Gracias!
      Sempre um prazer a tua visita.

      Feliz noche. Abrazo!

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Também preciosas são as tuas palavras, Amapola. Gracias!
      Um prazer a tua visita. Sempre!

      Feliz noche. Abrazo!

      Eliminar
  5. Ohhhh! Precioso, cierto, la vida pasa en cada uno de esos versos de manera tan poética.
    ¡Qué bien lo dices Albino!

    "Porque tudo o que acontece
    na teia frágil dos dias,
    se esgota num imprevisível instante..."
    Tan real. ¿Qué más decir amigo poeta?

    Me super super encantó este poema!
    Va mi abrazo cruzando los mares

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hola Lu!
      Me encantó que tenhas gostado.
      Grato pelas tuas belas e preciosas palavras.
      Feliz noche para ti.
      Va mi abrazo cruzando los mares!

      Eliminar
  6. La instantaneidad... Sutiles versos, amigo. Te felicito una vez más.

    Abrazo más que grande.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gracias Carlos, pelas tuas palavras.

      Abrazo más que grande!

      Eliminar
  7. Olá A.S.
    Um bonito e real poema.
    Tenha uma ótima noite
    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Lucia,
      Sim, as palavras do poema, traduzem a realidade!
      Grato pelas tuas palavras. Volta sempre!
      Uma ótima noite para ti.
      Beijo!

      Eliminar
  8. Solo importa el momento presente,es el único que tenemos, no debemos olvidarlo...
    en tu poema resaltas la importancia y la fragilidad del tiempo... es hermoso!
    Un beso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. SIM!... Desfrutar e viver cada momento,
      porque tudo se acaba num imprevisível instante!
      Gracias, pelas tuas bonitas palavras.
      Un beso!

      Eliminar
  9. Uau! Um poema magistral! Parabéns Poeta!! :)
    -
    Tu, eu, e a nossa cumplicidade (da mana)
    -
    Beijos, e uma excelente noite :)
    .
    https://duasirmasmaduras.blogspot.com/
    .
    Apresento-vos um blogue da minha mana mais nova que se iniciou na escrita. Blogue onde também escrevo, para ela. Visitem, sigam e linkem. Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grato pelas tuas palavras, Cidália.

      Feliz noite para ti. Beijo!
      (passarei no blogue)

      Eliminar
  10. Albino
    Hoy un poema diferente
    Lo percibo como una suplica
    como intentar rescatar
    el momento presente, percibirlo como es , agradecerlo y disfrutarlo
    sin caer en esa telaraña que a veces nos invade/consume/modifica/
    Vivir este tiempo con todas nuestras ganas
    y nuestras fortalezas.
    Bello poema
    Bello deseo
    Que asi sea.. Vivamos este presente!!
    Besosssss
    Besossssss
    Feliz noche

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eli,
      Já conheces a porta de entrada
      para a alma dos meus poemas!
      As tuas palavras são perfeitas
      e traduzem uma realidade
      que muitas vezes esquecemos.
      Na verdade,
      tudo se pode esgotar
      num imprevisível instante!
      Gracias, amiga querida,
      pela tua presença, amizade e cariño!
      Como tu dizes, vivamos este presente!!
      Besosssss
      Besosssss
      Feliz noche!

      Eliminar
  11. No dejes que la luz se apague mientras los ojos la pidan...
    No hay que rendirse jamás y tú lo has escrito de lujo.

    Besosss!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Moony,
      Gracias, pelas tuas preciosas palavras!
      Que nada na vida se interrompa antes que aconteça...

      Feliz noche.
      Besossss!

      Eliminar
  12. Preciosas letras hoy con ellas has hecho magia. Un beso amigo.
    Feliz noche.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gracias, Campi, pelas belas palavras que me deixas!
      Sempre um doce prazer quando te encontro.

      Feliz noche! Un beso!

      Eliminar
  13. Respostas
    1. Grato pelas suas palavras
      e pela sua visita.
      Será um prazer!

      Eliminar
  14. ˚ ◌༘♡ ⋆。˚ ꕥ Oh, Albino, voce está ouvindo um Deus. Este e tao oportuno,
    um dos meus posts favoritos. Bem, eu acho que digo isso a cada post, jaja !!! tenha fe,
    voce é um escritor,
    voce é um artista, voce é um amante,
    voce é um doador
    Seu outono e como o vento sob as asas
    de mis pajaros primaverales.
    Un gran abrazo querido amigo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gracias, Hada linda, pelas preciosas palavras que me deixas.
      Já tinha saudades!
      Gosto de sentir a tua proximidade...
      Me encantó que tenhas gostado!
      Ficarei à espera que cheguem
      os teus pássaros primaveris...
      Un gran abrazo, Catarina!

      Eliminar
  15. Bello poema tus palabras son magicas y nunca dejes que te callen. Te mando un beso

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gracias Alex! Muito estimulantes as tuas palavras!
      Te mando un beso!

      Eliminar
  16. Versos que só podem ter nascido do coração de um sábio e experiente poeta como tu Albino, que sempre tem palavras de conforto ou de estímulo às suas leitoras. Gostei muito, e sinto-me felicitada por tê-lo sempre por perto.
    Doces beijos , doces beijos .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grato pelas tuas carinhosas palavras, Maria Lucia!
      Apenas escrevo o que sinto. As minhas palavras são um pouco da minha essência.
      Sempre assim foram e continuarão a ser!
      Sinto-me imensamente grato pelas generosas palavras de quem lê o que por aqui vou escrevendo.
      Para ti, querida amiga, deixo a minha amizade e o meu carinho!
      Doces beijos!

      Eliminar
  17. Sencillamente extraordinario.
    Una preciosa pieza poética!!
    Muy buen fin de semana!!; Sin dejar de mirar y deleitarse en el vivir...como dice tu poema.
    Habla, no calles, siente, late, camina,...se....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gracias Graciela, pelas tuas belas e generosas palavras.
      Me encantó que tenhas gostado.
      Sim. Continuarei a deixar que as palavras escrevam o meu caminho!

      Muy buen fin de semana. Un abrazo!

      Eliminar
  18. Lindo y reflexivo poema amigo. Un gusto leerte siempre. Saludos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gracias, Sandra. Também são lindas as tuas palavras!
      Sempre um gosto a tua visita!
      Saludos!!

      Eliminar
  19. Vivir el presente, el momento, con todo lo que la vida presta,hay que disfrutarlo, saborearlo tal cual nos llega!

    Besitos y buen finde para vos poeta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. SIM, Ani! Viver o presente e desfrutar todos os instantes.
      Esse é, sem dúvida, o melhor caminho!

      Besos y buen finde para vos, querida amiga!

      Eliminar
  20. Nunca hay que abandonar antes de empezar... tal vez nos sorprenda los resultados, como este precioso poema revelador.

    Mil besitos con cariño, amigo AS.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito belas as tuas palavras Auro.
      Gracias pelo teu carinho e pela tua presença.
      Sempre um prazer!

      Mil besitos con cariño, querida amiga!

      Eliminar
  21. ¡Qué precioso poema, Anibal ! esta vez si que te aplaudo de pie. Porque tiene mucho sentido lo que dices, no dejemos que mueran las caricias antes de que las manos se oscurezcan. (O antes de que las manos se avejenten) también podría significar eso. Me encantó. Te dejo un gran abrazo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. INGRID!
      Gracias pelas tuas belas e generosas palavras!
      Me encantaran! Um precioso estímulo e uma força imensa.
      Un buen fin de semana.
      Te dejo un gran abrazo!

      Eliminar
  22. E que os poetas vivam para sempre.
    Mais um belo poema, uma celebração à esperança.
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grato pelas tuas palavras Ana.
      Sempre um prazer a tua visita.
      Fico feliz por teres gostado. Gosto que gostes!
      Bom fim de semana.
      Bjs

      Eliminar
  23. Hola AS, tal cual nunca hay que cerrar caminos, que no hemos transitado, no hay que cerrarse a las nuevas posibilidades u opciones sin conocerlas.
    Un poema muy lindo, que llena de expectativas ante una nueva relacion.
    Te mando un beso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hola Gra!
      Perfeitas as tuas palavras. Nunca devemos fechar um caminho.
      Basta um golpe de vento para que tudo se perca!
      Gracias, pelas tuas bonitas palavras.
      Te mando un beso!

      Eliminar
  24. Belíssimo poema! Apelo magnífico contra a hora sombria.

    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ana! Grato pelas tuas palavras.
      Me alegra que tenhas gostado.

      Um beijo e bom fim de semana!

      Eliminar
  25. Un suplicar de ese grito que emana de tus versos
    asi me sono, como una petició preciosa

    Besos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. SIM! Preciosas as tuas palavras. Perfeitas! Gracias Cora!
      Sempre um doce prazer a tua visita.

      Besos!

      Eliminar
  26. Disfrutar cada instante porque cada momento siguiente se podrá parecer pero nunca será el mismo. Hermosuras que quedarán impresas en este espacio y en el corazón. Lindos pensamientos que no deben pasar como el viento sin antes escribirlos.

    Te deseo un precioso fin de semana Santos. Un abrazo, Paty

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perfeitas as tuas palavras Paty. Gracias!
      Desfrutar cada instante, porque tudo pode ser tão breve!

      Te deseo un precioso fin de semana Santos. Un abrazo!

      Eliminar
  27. Aprovechemos y sintamos todos esos momentos antes de que se agoten o la telaraña nos lo impida. Lindas palabras amigo. Y espectacular foto.
    Buen fin de semana Albino.
    Un abrazo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gracias Laura, pelas tuas bonitas palavras.
      Sim. Desfrutemos todos esses momentos, porque tudo se esgota num instante!
      Buen fin de semana.
      Un abrazo!

      Eliminar
  28. A sontonia é perfeita entre o teu poema e a fragilidade da teia nos fios que nos prendem á vida. Será então o momento de não deixar "entardecer" todos os propósitos que nos preenchem com a alegria que nos inunda , sorvendo um pequeno que seja, trago de felicidade.
    Belíssimo, Albino
    Um Beijoo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade Manuela. Tudo é tão frágil!
      Mas tudo será ainda mais frágil, se não tivermos a consciência dessa fragilidade.
      Bastará um golpe de vento para romper os fios da teia!
      Desfrutemos pois, com alegria e serenidade todos os instantes, justamente porque sabemos que somos frágeis!
      Grato pelas tuas belas palavras Manuela.
      Um bom domingo. Beijos!

      Eliminar
  29. muito forte, sempre é o que resta, o dia, o momento, o instante, do instante seguinte nada se sabe. Gostei muito, beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. SIM! Perfeitas as tuas palavras.
      Vivamos intensamente. Desfrutemos cada instante como se fosse o último,
      porque tudo se esgota num golpe de vento!
      Grato pelas tuas belas palavas. Volta sempre!
      Bom domingo. Beijos para ti!

      Eliminar
  30. Versos e imagem, uma maravilha só!!
    Sem dúvida, temos de nos forçar a viver intensamente cada instante da vida.
    Parabéns amigo Albino, pela delicadeza e beleza deste poema.
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grato Teresa, pelas tuas belas palavras.
      Fico feliz por teres gostado.

      Linda noite.
      Beijo!

      Eliminar
  31. Si, hay que participar de cada instante de la vida, porque todo se esfuma y no vuelve. Realmente mágico tu poema, Albino. Admirada me tienes, poeta.
    Mi abrazo agradecido y mi ánimo siempre.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gracias Maria Jesus, pelas bonitas palavras que me deixas.
      Me encanta que tenhas gostado.
      Feliz noche y mi abrazo agradecido

      Eliminar
  32. Tus letras nos revelan la vida y el amor en lo mas alto y peofundo, un poema que lo siento como un clamor a vivir intensamente cada instante y nada dejar escapar. Exquisito , bonito y sentido. Un beso enorme

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As tuas palavras me encantam e emocionam, querida Hanna. Senti que as palavras do poema te tocaram e te fizeram entrar na alma do poema!
      Gracias pelo teu carinho. Sempre um prazer quando te encontro!
      Un beso enorme!

      Eliminar
  33. Boa noite, Poeta Albino, os teus versos reflexivos,
    abrem horizontes em nossos sentires.
    Um rico momento ler-te.
    Bela inspiração!
    Um beijo da lua
    Uma bela noite.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grato pelas tuas palavras e pelo teu carinho Marli!
      Gosto que gostes!
      Uma bela noite para ti!
      Um beijo de lua...

      Eliminar
  34. És alimento para a alma...
    Não deixes nunca que a tua voz se cale meu Poeta!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sacia-te!
      Continuarás a ouvir o poeta. Esse não se cala!
      Eu...já gastei as palavras.

      Eliminar
  35. Um poema tão bem tecido, quando a fascinante escolha da imagem que o acompanha, numa simbiose perfeita!
    Puro fascínio em imagem e palavras! Beijinho
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É sempre muito gratificante para mim, saber que aprecia o que vou escrevendo.
      Grato pelo seu carinho e pelas suas palavras sempre gentis.
      Um beijinho, Ana!

      Eliminar