EU NÃO ARDO NAS SOMBRAS, CONSTRUO ALVORADAS!...

sexta-feira, 5 de agosto de 2022

A NOITE É ESCURA...




                                                          A noite é escura e me confunde.
                                                          Nela não distingo
                                                          onde a aurora ainda dorme.
                                                          Percorro os caminhos mais sombrios
                                                          em busca das penumbras
                                                          que ocultam o esplendor
                                                          das tuas formas amorosas.
                                                          Eu quero a luz ilimitada,
                                                          o fluir cálido de um sol
                                                          que ilumine a tua nudez.
                                                          Mas os dias continuam surdos
                                                          ao rumor da luz,
                                                          perderam a clara limpidez
                                                          que me leva ao deleite
                                                          e te desnuda o corpo de uma só vez.




albino santos
* Reservados Todos os Direitos de Autor

46 comentários:

  1. Gran poema, amigo, tiene un cresscendo y una sonoridad impecables, y hallazgos envidiables, "Mas os dias continuam surdos ao rumor da luz", por dar un ejemplo.

    Abrazo hasta allá.

    ResponderEliminar
  2. Sin oscuridad; sin confusion!
    Un bonito fin de semana os acompañe!! 💮🌼

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Sin oscuridad; sin confusion"! As tuas palavras são perfeitas!

      Uma bonita y feliz semana Graciela ...💮🌼

      Eliminar
  3. Há dias que parecem noites e noites que se assemelham a nada mais do que morrer. Gostaríamos de encontrar o amor - como fonte de luz - para recebê-lo e doá-lo, mas mesmo assim a confusão, a dor e o absurdo ocupam o centro do palco. Tempo ao tempo... tudo tem a sua mensagem, tudo vem por alguma coisa, e o amor deve saber esperar, porque o amor não é só paixão, é também abraço e compreensão.
    Seu poema me tocou profundamente amigo, obrigado... Sinto uma agulha na alma.
    Um abraço para você, que seu dia seja lindo e tranquilo. Paty

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim. Que noites e dias suplicam de nós uns olhos onde habita o esplendor?
      Que imensas portas tem a noite, negra e triste, quendo apenas desejamos um rasgão luminoso? Que noites e dias feitos de esperas e desencontros por onde se esvai o amor como areia por entre os dedos? Que beijos se perderem nas intimas sombras das confidências da tarde?
      Precisamos entender... porque por vezes, não há alquimia, nem desejo, nem amor, apenas um patíbulo, onde apenas a sombra do tempo se passeia...

      Sim... é verdade Paty. Sentimos uma agulha na alma!
      Um carinhoso abraço para você, que seu dia seja lindo e tranquilo...

      Eliminar
  4. Oi amigo
    Gosto da emissão da frequência que coincidentemente produzimos.
    Penso aqui, tu escreves aí rs _que os dias não continuem surdos e a noite
    não nos confunda _a claridade seja uma constante.
    Abraço, A.S muitos abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também gosto muito destas coincidências, Lis.
      Que a claridade seja constante sim, porque o escuro é cada vez mais assustador!
      Abraço, Lis, muitos abraços!

      Eliminar
  5. Hay noches y días, Albino, que nos e ve del todo claro y se nos nubla todo. Pero tú no te nublas aunque quieras, tus letras y versos iluminan y engrandecen tus poemas.
    Besicos muchos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tão bonitas as tuas palavras Nani. Gracias. Gostei muito!

      Besicos muchos

      Eliminar
  6. Y nos deslizamos rozando tus versos en silencio,para no enturbiar la belleza de tu poesía...
    Precioso!
    Un beso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah! Adoro quando deslizas pelos meus versos em silêncio Luna!...Um prazer...
      Gracias por tu cariño. Me encanta que te guste!
      Un beso!

      Eliminar
  7. Meu querido amigo ... Voltando com muitas saudades. Depois de tantos anos sinto que estou regressando a CASA. Estou abrindo a porta à amizade linda que construímos aqui . Deixo o meu carinho e um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Rosa Maria! Foi com alegria que te reencontro. Esta casa sempre estará aberta para ti, com a amizade de sempre!
      Volta sempre! Encontrarás sempre o meu carinho e alguns sonhos!
      Um beijinho!

      Eliminar
  8. Precioso poema, sonoro y sensitivo.
    Un abrazo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hola Sara!
      Preciosas as tuas palavras.
      Me encanta que te guste. Volve siempre!
      Un abrazo.

      Eliminar
  9. Simplesmente deslumbrante!
    Tenha um ótimo domingo
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Paula.
      Fico feliz por teres gostado. Grato pelas tuas palavras generosas.
      Um dia lindo para ti.
      Beijinhos

      Eliminar
  10. Un sentir nostálgico donde la noche solo acentúa su percepción. Muy bello, amigo AS.

    MIl besitos que te lleguen y feliz día.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim... Há noites em que as estrelas se escondem
      e tornam tudo mais escuro.
      Gracias pelas bellas palavras que me deixas, amiga Auro.

      MIl besitos que te lleguen y feliz día.

      Eliminar
  11. Gracias por tu vista y aportacion
    cuidate mucho
    Besos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gracias Anna, por tu visita y aportacion.
      Há gostado mucho de tu rincón.
      Cuidate mucho.
      Besos

      Eliminar
  12. Obrigado por suas palavras que me enchem de emoção

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Mucha. Sinto o mesmo...
      Me encantan tus palabras!...Gracias por tu cariño.

      Eliminar
  13. Respostas
    1. Olá Cidália. Me alegra que tenhas gostado.
      Grato pelo carinho.

      Uma boa semana para ti. Beijos

      Eliminar
  14. A escuridão da noite não o impediu de ver, com o sentir, aquilo que lhe dá prazer, mas existe um tom nostálgico nesse lindo poema. Que dias e noites falem e a claridade tudo cubra. Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grato pelas suas lindas palavras Marilene.
      Na verdade, há noites em que a as estrelas se escondem
      e tudo se torna mais escuro...

      Um abraço.

      Eliminar
  15. Olá A.S.
    Bonito poema, sua marca.
    Boa noite de domingo e feliz semana.
    Beijo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grato Lucia, pelas tuas generosas palavras.
      Uma boa semana para ti.
      Beijos!

      Eliminar
  16. Oh, oh..! lugar errado onde deixei meu comentario jajaja!
    voce vai pensar que sou uma fada distraida e perturbada,
    mas nao, para nada! acontece que estou enfeiticada por um elfo e outra fada!
    Saludos, muitos beijos e abracos, prezado escritor!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Wowww!... Um elfo e outra fada?
      Eu vou quebrar esse feitiço...você quer?
      Saludos, muitos beijos e abraços, querida Hada!

      Eliminar
  17. Respostas
    1. Me alegra que tenha gostado Isa.
      Grato pela visita. Volte sempre!

      Eliminar
  18. Um poema maravilhoso que a noite propicia o desnudar da pele de fora e da pele de dentro.
    Quão bem você domina a linguagem amorosa e sensual, poeta. Sempre um prazer ler-te.
    Beijos noturnos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Simmm Maria Lucia! Tocaste na alma e na pele do poema!
      Grato pelas palavras lindas que me deixas.
      Beijos noturnos.

      Eliminar
  19. ¡Tan bonito, tan melancólico, tan nostálgico, tan metafórico!
    Preciosas letras amigo poeta.

    Va mi abrazo y ¡sigue disfrutando de esas vistas al mar! (Que, se me ocurre, forman parte de tus musas para lograr tan sutiles, sensuales y bellos poemas.)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hola Lu! Me encanta que te guste.
      Gracias por tuas bellas palavras, sempre tão generosas.
      Sempre um prazer quando te encontro.

      Va mi abrazo entrañable.

      Eliminar
  20. Mucha nostálgia en tus versos hoy amigo. A seguir escribiendo, que gusta leerte.
    Gracias Albino. Buena noche.
    Un abrazo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hola Laura...
      Gracias pelas tuas gentis palavras.
      Me encanta que te guste.
      Un abrazo!

      Eliminar
  21. A noite às vezes pode ser escura e triste, mas outras vezes é cheia de desejo e luz.
    Belo poema, Albino.

    Um prazer ler você.

    Abraços.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim! A noite é sempre uma incerteza....mas será sempre um doce fascínio!
      Sempre um prazer quando te encontro Rita... Grato pelo carinho.

      Abraços.

      Eliminar
  22. Y sin embargo brilla y deslumbra a pesar de la penumbra.
    Precioso poema, Albino.

    Besos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gracias pelas tuas hermosas palavras.
      Sempre um prazer quando te encontro, Verónica!

      Besos.

      Eliminar